Análises

Análise Gigabyte P55-UD5

Hoje testámos uma das primeiras motherboards com o novíssimo chipset P55 da Intel, com suporte para os acabados de chegar ao mercado, Intel Lynnfield Processor também denominados;

  • Core i5-750 com 4 cores e 4 threads com “clock” de 2,66GHz.
  • Core i7-860 com 4 cores e 8 threads (HT) com “clock” de 2,80GHz.
  • Core i7-870 também com 4 cores e 8 threads (HT) mas com um “clock” um pouco superior de 2,93GHz.

Com preços aproximados por mil unidades de $196, $284, $526, respectivamente, todos com um TDP de 95W.

O Chipset P55 suporta:

  • 1×16 or 2×8 PCI Express 2.0 slots
  • Intel Turbo Boost
  • Sensor Térmico Digital
  • Intel Matrix Storage Technology 9.0 (RAID 0/1/5/10)
  • Intel Active Management Technology 6.0
  • Intel Anti-Theft Technology
  • Intel Remote PC Assist Technology
  • 14 portas USB 2.0 with integrated USB 2.0 rate matching hubs
  • 8 portas PCI Express 2.0 x1
  • 6 portas SATA 3.0 Gb/s
  • Gigabit Ethernet Integrado MAC

Passamos a assinalar algumas das principais diferenças entre o chipset P55 e o X58:

  • A comunicação com o CPU, o P55 usa DMI (Direct Media Interface) com um máximo de largura de banda de 2GB/s de largura de banda, enquanto o X58 usa o Intel QPI (QuickPath Interconnect) máximo de largura de banda de 25.6GB/s bastante mais rápido. O X58 também usa DMI mas apenas para comunicar com o conhecido chipset ICH10.
  • Outra diferença assinalável, é o suporte de PCI Express, o P55 apenas suporta uma slot de 16x ou duas de 8x, comparado com o X58 que pode suportar duas slots de 16x ou até quatro de 8x.
  • Não podíamos deixar de fazer notar que o P55 apenas suporta Dual-Channel e o X58 suporta Tri-Channel.

Etiquetas

Artigos Relacionados

Close