ArtigosDestaque

Boinc/Folding Beast

Consumo

Agora as más notícias. Medido na ficha, com o [email protected] no CPU e GPU a funcionarem a 100%, deu-me o belo numero de 713 Watts.
Sim, o consumo também é desmesurado e se não tivesse arranjado um patrocinador para o consumo, não tinha avançado com esta ideia.
Fica aqui a nota, se usarem um projecto de computação distribuída, vão aumentar sempre o consumo da máquina. Por isso pensem sempre duas vezes, antes de avançarem.

Conclusão

Não quero que as pessoas copiem literalmente este projecto. Este computador está demasiado caro e consome demasiado para o comum dos mortais ter só para esta função.

O artigo pretende só demonstrar o que é possível apenas com uma máquina, especialmente com três gráficas.
Gostava de vos colocar a pensar no seguinte. Se um mero mortal pode ter este poder de processamento numa máquina, imaginem o que é possível em centro de HPC (High Performance Computing), onde pode haver milhares de gráficas só num sistema. Quase nem conseguimos imaginar esse poder todo de computação.

As gráficas vêm revolucionar em muito este mercado. Tudo o que forem projectos que possam ser paralelizáveis, a correr num GPU, aumenta em dezenas ou centenas de vezes, o mesmo programa a correr num CPU, mesmo que ele tenha muitos cores, porque fundamentalmente um CPU trabalha em série, o que não quer dizer que seja mau, apenas diferente e muito útil para outras funções.

Pessoalmente, foi um prazer criar este projecto. Foi tanto o prazer, que criei outro computador para o mesmo efeito, mas com um orçamento ainda mais baixo e com três GTX 470 e Phenom X6 2.8 Ghz.
Dizer também que é muito engraçado ver quantos pontos faz uma máquina e tentar puxar ao máximo, mas para mim o mais importante é estar a contribuir para uma causa.

Queria agradecer  ao João Godinho, por ter montado a máquina, testado o BOINC e ainda irá fazer uma análise da GTX 570, que vista à parte é muito interessante.

Página anterior 1 2 3 4 5

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo