Notícias

Dell anuncia suporte para Ubuntu cloud servers

Um dos problemas de Linux, inicialmente, é que apesar de ser um sistema operativo muito flexível, as grandes OEMs, como a DELL, HP, etc, não suportavam qualquer tipo de distribuição Linux e por isso o utilizador final tinha que usar Windows para ter suporte ou esquecer o suporte e avançar por sua conta.

Ao longo dos anos e apesar da pressão da Microsoft, as coisas têm vindo a mudar. Primeiro com suporte para Red Hat, que hoje em dia é suportado em quase tudo o que é servidores. Em seguida, o Suse Enterprise Server, que apesar de não ser tão suportado como o Red Hat, tem vindo a ganhar terreno no mercado de servidores. Nos últimos anos, temos visto suporte para Linux em netbooks e suporte para Ubuntu, especialmente pela Dell, em portáteis e desktops certificados e que podem vir instalados com Ubuntu.

Hoje arranca mais uma fase. A Dell anunciou suporte do sistema de cloud do Ubuntu ( Ubuntu Enterprise Cloud ) para dois dos seus servidores.
Esta notícia é importante por vários factores. Primeiro porque a versão servidor do Ubuntu, com 5 anos de suporte, começa a ser reconhecido no mercado e depois o mercado em si, cloud computing, que é uma das ultimas “modas” no mercado de servidores.

Primeiro vou falar do que é o UEC (Ubuntu Enterprise Cloud). O UEC é a integração no Ubuntu de um projecto open source, chamado Eucalyptus. Este projecto open source, tem como objectivo criar clouds privadas, com máquinas virtuais, normalmente usando KVM (O hypervisor que está integrado no Kernel de Linux) e que o utilizador pode usar, usando a mesma API do sistema Amazon EC2, o que é uma boa ideia, pois muitas pessoas já conhecem o ambiente da Amazon e há interoperabilidade.

Fica aqui um diagrama, do que pode ser uma estrutura de Eucalyptus:

A Dell anunciou o seguinte. Existem dois servidores certificados para correrem UEC.

O primeiro é o Dell PowerEdge C6100:

Este é um servidor muito interessante. Na verdade não é um servidor. São quatro.

No espaço de 2U, temos quatro nós, cada um com dual Xeon e cada Xeon com seis DIMMS de memória. Tem fonte redundante e possibilidade para 24 discos 2.5 ou 12 3.5, SAS ou SATA.
Pelo espaço que ocupa e pelo poder computacional que tem, é ideal para cloud computing.
Este servidor, a Dell suporta como controlador da cloud ou como um dos nós da cloud.

O segundo servidor suportado, é o Dell PowerEdge C2100:

Este é um servidor mais tradicional. Também de 2U, mas só contém uma board no seu interior, que suporta Dual Xeons e bastante importante, suporte até 144 GB de Ram, com 18 DIMMS, o que é uma boa densidade de memória.
Tem também fontes redundantes.
A nível de discos, tem duas baías internas para dois discos 2.5 e externamente, pode-se colocar 24 discos 2.5 ou 12 discos 3.5.
A diferença para o outro servidor, a nível de suporte, é que a Dell só aconselha este servidor como nó da cloud e não como servidor controlador.

Além disto tudo, também se pode ter suporte por parte da Canonical (quem faz o Ubuntu) por 1,175 dólares por servidor e por ano.

Para concluir, dizer apenas que está é uma boa notícia para quem precisa de suporte oficial para uma cloud interna e quer usar Linux com Ubuntu e Eucalyptus. Isto é uma vitória para a Dell, pois dá mais opções aos clientes e uma vitória para o Ubuntu que entra no mercado de servidores de uma grande OEM.

Se quiserem ver o anuncio que foi feito sobre este acordo, fica aqui o link.

Etiquetas

Artigos Relacionados

Close
Close