Análises

Marvel vs Capcom 3: Fate of Two Worlds

Após mais de 10 anos de espera e enorme expectativa, chega-nos finalmente o jogo que os gamers da geração dos 80’s esperavam

Lembram-se dos bons velhos tempos dourados, época do lendário Spectrum, Commodore 64, Commodore Amiga e Atari ST? Dos jogos super aditivos a 2D, as placas aceleradoras 3D nem sequer existiam e nem sequer se  imaginava que iriam surgir décadas mais tarde?

Chega-nos agora um jogo com o espirito desses tempos memoráveis, o Marvel vs Capcom 3: Fate of Two Worlds.

De facto, como é um jogo para as plataformas PS3 e XBOX 360, podia-se pensar que iriam implementar o 3D num tipo de “remake” dos saudosos jogos desses tempos dos anos 80 e 90.

Felizmente não o fizeram, mantiveram o 2D, na minha opinião, que jogo desde o tempo das máquinas Arcade e consolas videopack’s e depois quando surgiu o famoso Spectrum, os jogos 2D dessas alturas eram e ainda continuam a ser os que são mais aditivos, podemos passar um dia a inteiro a jogá-los que nem se nota pelo tempo a passar. É verdade que agora os tempos são outros, mas nós, juventude dos tempos gloriosos onde vimos praticamente tudo a nascer, não nos esquecemos de jogos como o Mortal Kombat, Street Fighter, e muitos outros do género.

Centenas de horas a jogar e até torneios organizados com amigos em casa de um deles, velhos tempos em que confraternizava-se todos juntos e esquecíamos o futebol e as namoradas.

Este Marvel vs Capcom 3 trás de novo todas essas recordações e saudades dos bons jogos que realmente nos prendiam em frente ao computador com os quais crescemos.

Marvel vs Capcom 3 – O jogo

Este excelente “blast of the past” surpreendeu-nos pela positiva.

É um jogo cheio de acção, nunca se está parado, ou melhor, se o jogador pára é a morte certa.

Tudo se mexe, gráficos muito bem conseguidos e definidos com uma boa banda sonora a acompanhar toda a acção do jogo. Um verdadeiro clássico de luta 2D no século XXI. Boa surpresa sem dúvida, arriscarem a não passar o jogo para 3D o que iria prejudicar todo o gameplay neste tipo de jogos.

Chega-nos dezenas de heróis da Marvel e da Capcom podendo jogar em single mode escolher três deles, para construir a sua equipa e tentar derrotar o adversário, também uma equipa de três heróis. Ganha quem conseguir chegar ao K.O. dos três adversários, ou seja, da equipa contrária.

Em modo offline, single player, pode-se jogar contra a consola ou contra um segundo jogador.

Em modo online é possível jogar entre dois a oito jogadores em simultâneo.

Todo o gameplay é bastante intuitivo e recheado de acção constante, nunca há um momento para respirar tirando as pausas nos menus ;p

Existem dois modos para jogar, um modo básico bastante acessível a jogadores menos experientes e um modo avançado para jogadores hardcore.

Para quem adora os heróis da Marvel, principalmente motivados pela grande série de filmes desta editora que vão saindo, como heróis do X-Men, Homem-Aranha, Capitão América, Thor, etc, combinando com os super heróis dos jogos da Capcom com os quais crescemos na nossa idade mais tenra, este jogo é altamente aconselhável para matar saudades e passar umas boas horas ou dias colados nas consolas.

Embora os movimentos das personagens não estejam tão rápidos como no antigo Marvel vs Capcom 2, toda a acção e movimentação do jogo junto com a excelente banda sonora não tiram a glória a este novo título.

Joga-se muito bem, mesmo em modo online, por vezes é possível notar alguns “lag’s” mas nada de grave.

Para quem gosta de descobrir todos os truques, combo’s de movimentos de ataques, pormenores de luta e técnicas de todas as personagens que envolvem este jogo, acredito que todos os gamers passarão imensas horas praticamente viciados nesta luta de heróis. Cada personagem tem truques próprios e técnicas, existem várias combinações de botões para os ataques dos heroís os quais vocês jogadores poderão encontrar nos “tips and trick’s” um pouco por todos os sites de referência de gaming espalhados pela Internet ou até, como antigamente a Internet não existia, que tal perderem algum tempo e descobrirem por vocês próprios? É muito mais divertido e evitem usar os famosos “cheat’s”… um jogo vale pelo prazer de o jogar sem batota e por o gostarem de jogar, pela dificuldade apresentada a cada nível, por isso recomendo vivamente a usarem “cheat’s” só em último recurso se não conseguirem mesmo passar algum adversário mais forte, mas tentem pelo menos durante uma ou duas semanas… Essa era a “magia” dos anos 80 e 90… pensar em técnicas e truques para passar os adversários mais difíceis.

Um dos segredos para vencer os adversários, além de conhecer as técnicas e combinações de botões para cada personagem, é escolher a melhor combinação dos três personagens que melhor se habitua a combater e tem melhores e maiores poderes. O incrível Hulk, por exemplo, está muito bom neste jogo, bem como o Magneto, Wolverine e outros. Mas cada jogador tem as suas preferências e pode escolher o que mais gostar, é outro dos aspectos positivos deste jogo, construir a sua própria equipa de heróis.

Conclusão

É muito bom ver que ainda se fazem jogos como antigamente e o espírito continua, este Marvel vs Capcom 3: Fate of Two World é um excelente motivo para rever velhos amigos, juntarem-se nem que seja através da Internet, de preferência não…mas de qualquer maneira… juntarem-se, e reviver o passado mas com um grafismo e imagens cheias de cores e acção, excelente design e uma banda sonora que nos acompanha em todos os combates estridentes durante todo o jogo.

Recomendo este jogo a todos os gamers que ainda tem a velha paixão de jogar um jogo porque gosta, do bicho que há dentro de nós pela paixão dos jogos e tudo o que surgiu de bom nos velhos tempos mas agora tipo remasterizado de uma maneira que de certeza vai agradar até aos gamers mais exigentes.

Não é um jogo para jogar dez minutos e cansar-se dele, é algo para se lembrar e jogar durante muito tempo.

Numa escala de 0 a 5 atribuo:

Aditividade: 5

Jogabilidade: 5

Qualidade: 4

Gráficos: 4

Som: 5

Preço: Julguem por vocês mesmos!

Título: Marvel vs Capcom 3 : Fate of Two Worlds

Data de Lançamento: 18 de Fevereiro de 2011

Plataforma: PS3 , XBOX 360

Faixa Etária: 12

Editora: Capcom

Produtora: Capcom

Distribuidora: EcoFilmes

Etiquetas

Artigos Relacionados

Close
Close