AnálisesArtigos

Unboxing Corsair CX430W

A Corsair apesar de ser mais conhecida por fabricar memórias, desde a algum tempo apresenta linha de fontes de alimentação, sendo que estão divididas em

  • CX: Entrada de gama e não modular
  • VX: Gama intermediária e não modular
  • TX: Gama alta e não modular
  • HX: Gama intermediaria e alta e modular
  • AX: Gama alta e totalmente modular e 80 plus gold

Vamos apresentar o unboxing de uma fonte da linha CX, a CX430w, que é de momento a fonte mais barata da Corsair. Não será feito análise, até porque esta unidade é para montar uma maquina para ser entregue rapidamente, fora que o próprio hardware é modesto (core i3 com gráfica integrada, um disco e uma drive óptica…).

A escolha caiu porque é uma fonte barata (cerca de 40 €) e embora tecnicamente inferior à antiga CX400w, em análises profundas que apareceram, a fonte teve um bom comportamento, como eficiência elevada em cargas baixas (82-84%), apesar de não ter certificação 80 plus e no que toca ao ripple e regulação de voltagens portou-se bem.

Nesta gama de preços costuma ser o “reino” das LC power, que acabam por ser tecnicamente inferiores e logo abaixo as OEM, que recuso sistematicamente a usar. Existe mais opções no mercado de outra marcas é claro, embora esta foi a fonte que mais rapidamente consegui encontrar com entrega imediata.

No que toca à cablagens (todos com sleeving), este fonte tem:

  • Cabo ATX 20 + 4 pinos
  • Cabo ATX/EPS12V 4+4 pinos
  • 2 cabos com 2 fichas SATA (4 no total)
  • 1 cabo com 2 fichas molex normais e 1 molex pequena
  • 1 cabo com 1 ficha PCI-e 6+2 pinos

Esta configuração permite montar um bom sistema com cpu quad core, uma gráfica com ligação simples 6 pinos (por exemplo, AMD Radeon HD 6850), 4 unidades SATA nativas e ainda permite outras com adaptadores Molex-SATA e/ou reguladores de ventoinhas. Portanto os 430w serão mais que suficientes.

Etiquetas

Artigos Relacionados

Close
Close