AnálisesArtigos

Byword: editor de texto minimalista para Mac

Actualmente existem já algumas soluções para quem quer escrever em OS X sem ser importunado por detalhes. Ommwriter e WriteRoom prometem a putativos escritores alcançar o Nirvana de ter um editor de texto que saia do caminho. Ambos foram criados por quem teve de sofrer com o excesso de cores e botões que encontramos no Word ou Pages.

O byword da portuguesa Metaclassy é mais uma entrada no género, disponível apenas na Mac App store por $4.99, valor esse que subiu desde os $2.99 nos dias que se seguiram ao lançamento. Segundo Jorge Pedroso, fundador da empresa, a ideia de colocar um preço que subiria com o passar dos dias, ajudou a ganhar tracção e interesse suficiente da Apple para destacar o byword como “New & Noteworthy” na App store.

A premissa do byword é simples. Fundo em tom acinzentado suave, full screen por defeito e sem qualquer menu visível para distrair o utilizador. Até aqui nada de novo. Onde surgem as novidades é no modo alternativo denominado de focus, onde se pode definir o esbatimento de texto, mantendo o contraste máximo apenas num número específico de linhas. Não poucas vezes terei desejado mentalmente esta funcionalidade noutros editores quando estou a rever texto e me quero concentrar em parágrafo a parágrafo.

São de realçar como extras simpáticos a adopção de diversos atalhos de teclado para facilitar a navegação. Assim, ⌘↩ liga e desliga o modo full screen e ⌘1 – ⌘9 definem o número de linhas em foco, permitindo ao utilizador centrar-se em apenas parte do conteúdo.

1 2Página seguinte

Artigos Relacionados

Close