AnálisesArtigosDestaque

ASUS P8Z68 V-Pro

Novidades

VIRTU


Esta nova tecnologia, é um programa desenvolvido pela LUCIDLOGIX que essencialmente permite a utilização do GPU integrado do processador e de uma GPU ligada a um slot PCIe na motherbord.

Esta tecnologia pode ser executada em três modos (modo normal, com uma GPU ligada na motherboard e o GPU integrado desligado), o i-Mode (para a placa Integrada) e o d-Mode (d para discret).

Estes dois últimos modos consistem em:
Para i-Mode, a GPU integrada (iGPU) é usada como saída de vídeo principal, permitindo que a placa gráfica externa (dGPU) trabalhar abaixo das suas possibilidades máximas. O iGPU é usado para fazer a maioria das atividades não-3D (transcoding, etc) e, como tal, o consumo de energial global do sistema será mais baixo. No modo 3D, usa a tecnologia Virtu dGPU para processar dados, usa uma cópia do buffer de memória para o iGPU processar. Há uma pequena sobrecarga associada com esta transferência, limitando a capacidade do dGPU. Neste modo, estamos limitados a uma dGPU.

Para d-Mode, o dGPU é usado como saída de vídeo principal, ou seja, neste momento o cabo de vídeo está ligado ao dGPU. Neste modo, as configurações multi-dGPU como SLI e Crossfire são possíveis. A única diferença em d-Mode é que agora temos acesso aos recursos de descodificação da iGPU, qualquer programa que possa usar o iGPU é usado através do Virtu.

Em resumo:
Ambos os modos permitem a tecnologia Quick Sync, o modo i-Mode é limitado a um dGPU, oferece economia de energia, mas à custa do desempenho 3D.
O d-Mode é multi-GPU, não oferece economia de energia, a menos que seja utilizado o Quick Sync mais um GPU.

SSD CACHING

A tecnologia é chamada “Intel’s Smart Response Technology”, e funciona através da cache de arquivos frequentemente usados a partir de um HDD para um SSD dedicado, com uma cache de dados máxima de 64 GB, faz todo o sentido, se o SSD é maior do que 64 Gb é melhor ser usado como disco de sistema, mesmo assim já é.

Para o Smart Response trabalhar corretamente, é necessário configurar duas unidades em modo RAID na BIOS, formatar e criar partições NTFS em ambos os dispositivos.
Instalar o Windows, atualizar os drivers do chipset e configurar a cache do programa Rapid Intel Storage UI.

ÍNDICE
1. Introdução
2. Novidades
3. UEFI
4. Motherboard I
5. Motherboard II
6. Benchmarks
7. FutureMark
8. Notas adicionais e Conclusão

Página anterior 1 2 3 4 5 6 7 8Página seguinte
Etiquetas

Artigos Relacionados

Back to top button
Close
Close