Artigos

Aplicação seleccionada: Dropbox

O Dropbox não é um serviço novo, nem tão pouco desconhecido. Mesmo assim, ainda há ainda quem não usufrua dele nem saiba que ele existe. Se não o conhece, convido-o a ler e a experimentar.

Esta aplicação maravilha permite armazenar ficheiros na Web, ou usando um termo mais em voga, na Cloud. É criada uma pasta onde se pode colocar os mais diversos documentos; estes estarão acessíveis em qualquer computador com acesso à Internet e sincronizados com as outras pastas Dropbox nos seus restantes computadores.

Visão geral

Por pré-definição, é criada uma pasta chamada Dropbox na pasta do utilizador. Todos os conteúdos que lá forem armazenados estarão disponíveis em qualquer computador com ligação à internet, a partir do browser ou, se o programa estiver instalado noutro computador, os ficheiros aparecerão lá também.

 

Dentro da pasta Dropbox, encontramos duas outras pastas: uma dedicada a fotografias e uma outra que permite partilhar qualquer tipo de documentos.

 

A pasta Photos tem uma particularidade: permite criar galerias de imagens de forma simples e rápida. Para isso, basta copiar para lá uma pasta contento as fotografias ou imagens a partilhar. Depois, no menu de contexto, sobre Dropbox, escolhe-se a opção Copy public galery link. O resultado será algo deste género. À medida que forem adicionados ou removidos ficheiros, a galeria vai-se actualizando automaticamente.

A pasta Public faz algo semelhante: gera um URL para cada ficheiro que lá seja armazenado. Eu uso esta pasta para alojar imagens individuais (por exemplo, a minha assinatura no Fórum está aí alojada) e documentos que necessito partilhar com alguém que não use Dropbox. É até possível usar esta pasta para alojar uma página web! Esta é uma das grandes vantagens do Dropbox, a flexibilidade que oferece aos seus utilizadores.

 

Outra característica interessante é ser possível partilhar pastas inteiras, de duas formas distintas: usando a opção Share this folder, que adicionará a pasta em questão à pasta do Dropbox da pessoa com que será partilhada (sendo assim necessário que ambas as partes possuam uma conta) ou usando a opção Get shareable link, que gera um URL por onde todos os que o possuam possam aceder ao conteúdo da pasta (exemplo). A primeira hipótese é particularmente interessante quando é necessário fazer trabalho colaborativo.

 

Caso não deseje instalar a aplicação no seu computador, ou quando tal não for possível, a interface web resolve a situação. Através dela é possível aceder às mesmas funcionalidades oferecidas pelo programa.

 

Nas preferências do Dropbox é possível escolher , entre outras opções, se o programa inicia com o computador ou não, definir limites de largura de banda, onde deve ser colocada a pasta Dropbox (se não tiver definido durante a instalação) e a língua. Quanto a este último ponto, deixo como nota negativa ser possível escolher português, que é uma das línguas mais faladas no mundo e na Internet.

Sumário

  • Possibilidade de trabalhar offline.
  • Quando modificados, o ficheiros não são transferidos de novo, só a parte que mudou.
  • Possibilidade de estabelecer limites de largura de banda.
  • Criação rápida e fácil de galerias de fotos.
  • Documentos disponíveis em qualquer computador, smartphone ou tablet com ligação à Internet.
  • Recuperação de ficheiros eliminados
  • SSL e Encriptação AES-256
  • Preço: 2GB gratuitos; 50GB por $9.99/mês; 100GB por 19.99/mês.

Nota: Todas as imagens explicativas usadas neste post estão disponíveis sob licenças Creative Commons e podem ser consultadas nos seguintes links:

 

Mais Aplicações Seleccionadas

Etiquetas

Artigos Relacionados

Close
Close