Análises

Análise: AKG K 172 HD

Som

Todos os testes sonoros nesta review foram realizados utilizando várias configurações de dispositivos. Ao longo da review farei as respectivas referências, de forma a tornar a comparação de fontes/amplificações mais fácil. As configurações de dispositivos são as seguintes:
• Configuração 1 – Marantz CD-72 (fonte) [+] Saída de auscultadores de Marantz PM-52 (amplificação)
• Configuração 2 – Sansa Clip+ 8GB (fonte) [+] Fiio E7 (amplificação)
• Configuração 3 – PC genérico (fonte) [+] Fiio E7 (DAC/amplificação)
• Configuração 4 – Musical Fidelity X-Ray V3 (fonte) [+] Audio Refinement Pre 5 (pré-amplificação) [+] Project HeadBox II SE (amplificação)

Nestas quatro configurações foram utilizados três tipos de formatos áudio. Nas configurações 1 e 4 utilizou-se o CD (lossless; 1411kbps). Na configuração 2 utilizou-se o MP3 (320kbps; CBR). Na configuração 3 foi usado o FLAC (lossless).

Antes da realização da review, os auscultadores foram sujeitos a um processo de burn-in que durou aproximadamente três semanas após a sua compra. A configuração 1 foi a usada na maioria do processo, tendo a configuração 3 também exercido uma boa parte. Este processo consistiu na passagem de vários tipos de música pelas “drivers” dos auscultadores durante o referido intervalo de tempo.

Página anterior 1 2 3 4 5 6 7Página seguinte

Artigos Relacionados

Back to top button
Close
Close