ArtigosDestaque

MediaCoder

Benchmarks e qualidade

Para mostrar algumas diferenças entre os codecs de vídeo para os quais se pode converter, decidi escolher quatro vídeos e converte-los para vários formatos.

De referir que este não é um benchmark extremamente preciso. A única variável é o codec. Mantive sempre o mesmo bitrate de 2000 Kbps em todos os vídeos e em todos os codecs. De resto, não alterei nada das sources originais.

Os quatro vídeos variam de formato e características. Vão do simples SD, ao FullHD.
Claro que mantendo o mesmo bitrate, os vídeos com melhor qualidade, vão sofrer.

Para os benchmarks, medi três parâmetros. A velocidade, o tamanho do ficheiro e a qualidade de imagem.

A nível de hardware, corri o programa num Core i5 540M, a 2.53 Ghz, com turbo até 3.06 Ghz. 8 GB de RAM e no caso dos benchmarks com o CUDA da nVidia, correu numa nVidia NVS3100 baseado no core GT218, que é um GPU extremamente simples e que só tem 16 shaders.

A nível de software, foi usado o Windows 7 x64.

De referir que o programa corre bastante bem em Linux, usando Wine, mas não foi a plataforma onde testei.

Como referi, usei quatro vídeos, que os vou chamar de “Video 1”, “Video 2″, Video 3″ e Video 4”

O Video 1 tem uma resolução de 608×336, 25 frames por segundo, está num container AVI, usa o codec Xvid, tem um bitrate de 1100 Kbps e ocupa 199 MB.

O Video 2 tem uma resolução de 720×576, 50 frames por segundo, está num container MPEG-PS, usa o codec MPEG2, tem um bitrate de 3643 Kbps e ocupa 4354 MB.

O Video 3 tem uma resolução de 1280×720, 50 frames por segundo, está num container Matrosca, usa o codec MPEG4, tem um bitrate de 3800 Kbps e ocupa 1438 MB.

O Video 3 tem uma resolução de 1920×1080, 24 frames por segundo, está num container Matrosca, usa o codec MPEG4, tem um bitrate de 8589 Kbps e ocupa 1491 MB.

Os codecs que usei foi CUDA_H.264, H.264, Webm, Theora e Xvid. Ficam aqui os detalhes de cada codec no Media Coder.

CUDA_H.264

H.264

Webm

Theora

Xvid

 

Vídeo 1

Original

CUDA_H.264

H.264

Webm

Theora

Xvid

 

Vídeo 2

Original

CUDA_H.264

H.264

Webm

Theora

Xvid

 

Vídeo 3

Original

CUDA_H.264

H.264

Webm

Xvid

 

Vídeo 4

Original

CUDA_H264

H264

Webm

Xvid

 

Alguns comentários sobre os benchmarks

De referir no que toca a vídeo e audio, sou um amador e por isso não coloquei comentários em cada uma das imagens. No entanto ficam aqui alguns pontos:

– Apesar de a nVidia NVS 3100 ser um GPU extremamente fraco, a nível de performance em enconding H.264, bate claramente o processador, que não pode ser considerado um mau processador.

– Apesar do CUDA ser mais rápido em H.264 que o CPU, penso que perde em qualidade usando o mesmo bitrate. Isso nota-se nos “blocos” que são formados no vídeo 3 e 4.

– Em relação a Theora a performance não é má, nem a qualidade, mas há dois pontos estranhos.
O primeiro é que, pelo menos no MediaCoder, o encoder não é multithreaded.
O segundo ponto é que não consegui fazer encoding do Video 3 e 4.

– Webm, ou VP8, como queiram chamar, foi uma desilusão a nível de performance.
Vejo que o encoder é multithreaded, mas a velocidade de encoding é a pior.
Outro ponto é que não sei o que aconteceu no Vídeo 2, pois ficou com uma resolução diferente da original e com uma qualidade péssima.

– Xvid a nível de qualidade parece-me bastante bom, mas a velocidade de encoding é mediana.

– Por último, de referir que a nível de tamanhos finais dos ficheiros, não houve grande diferença.

 

Conclusão

Como disse inicialmente, este artigo é mais para dar a conhecer o software.

Os benchmarks não são os mais precisos do mundo, até porque sou um amador, mas quis dar uma ideia da performance que se pode ganhar usando CUDA, mesmo num GPU muito fraco.

Espero apenas que tenham gostado do artigo e se quiserem, comentem.

Página anterior 1 2
Etiquetas

Artigos Relacionados

Back to top button
Close
Close