Notícias

ScaleMP: Um outro tipo de virtualização

Quando se fala de virtualização, normalmente pensa-se num sistema, um hypervisor a correr numa máquina física, em que depois se vai correr múltiplas máquinas virtuais.

A ScaleMP, com o seu produto VSMP é um pouco o inverso de isto.

Temos também um hypervisor, mas o que se pretende é pegar em vários servidores iguais, liga-los numa rede de alta velocidade, neste caso infiniband e criar um Sistema único, onde o sistema operativo ou hypervisor, vê um sistema único, onde são acumulados os recursos (IO, memória Ram e processadores) e é visto como uma máquina.

Uns artigos atrás, falei de como se começa a pensar em x86 para “Big Iron”. VSMP não é um substituto de “Big Iron”, mas é uma forma de mostrar que com software e uma rede de alta velocidade, é possível escalar x86 para além de 8 sockets.

O outro sistema a fazer o mesmo Altix UV, mas usa um chipset proprietário e um tipo de rede também proprietário. De referir que o Altix UV foi inicialmente pensado para usar o Itanium, mas numa fase posterior, a SGI decidiu usar x86 com o Xeon E7.
Ao contrário, ScaleMP é uma solução baseada em software e um tipo de rede standard.
Com isto, não quero dizer que uma solução é melhor que a outra. São apenas diferentes.

No entanto, há quem compare os dois sistemas.

Na versão 3 do VSMP é possível criar uma máquina com 128 servidores, o que com o AMD Interlagos, dá 8192 cores e 64 Terabytes de memória Ram.

O que não é possível, ao contrário do SGI Altix UV, é correr Windows e por isso a questão se consegue correr Crysis, não se coloca.

O que é possível é instalar Linux e a partir daí usar Xen ou KVM como hypervisors e criar máquinas virtuais, que com maiores recursos, possibilita configurações fora do “normal”.

Seja como for, este produto é para empresas em que tenham aplicações que escalem melhor num sistema único, que num cluster de várias máquinas e em que o software seja “NUMA aware”.
Quantos mais nós tiver um sistema com VSMP, maior é a importância do software perceber que está numa sistema NUMA.

A última noticia da ScaleMP é que no fim de este mês, irá suportar os actuais processadores da AMD e os futuros Bulldozer, que podem ir até 16 cores por socket.

Com isto e mais alguma informação, deixo um vídeo feito pelo InsideHPC sobre esta novidade e não só.

Fontes:
InsideHPC
The Register

Etiquetas

Artigos Relacionados

Close
Close