AnálisesDestaque

Antec VP550P

Destaco pela Positiva:

  • Boa qualidade de construção no que toca à carcaça e cabos.
  • Componentes internos de boa qualidade, com condensadores japoneses rotulados a 105ºc.
  • Apresenta circuito de filtragem AC adequado.
  • Quantidade de cabos ideal para esta gama de potências.
  • Ventoinha de 120 mm.
  • 2 rails de 12V com potencia suficiente para alimentar gráficas e CPU’s high end.
  • Baixo custo.
  • Tamanho reduzido.
  • PFC activo.
  • Eficiência elevada.

Destaco pela Negativa:

  • Ausencia do varistor (MOV), que ajuda a eliminar os picos da entrada AC.

Conclusão

A Antec tem nos mostrado fontes de alimentação de qualidade e esta é mais uma fonte de qualidade da Antec.

Apesar de ser uma fonte de baixo custo, não desiludiu, tendo se portado bem nestes pequenos testes. Em nenhum momento o sistema mostrou instabilidade, mesmo depois de bastante tempo em carga ou horas a jogar.

A qualidade de construção é boa, quer a nivel externo, quer a nível interno, com componentes de qualidade, inclusive a própria ponte de retificação tem dissipador, visto que em fontes de baixo custo costuma ficar sem dissipador, o que ajuda a aumentar a capacidade deste componente e prolongar a vida útil.

Também apresenta circuito de filtragem adequado, ainda que falta o MOV ou varistor, bem como apresenta circuito PFC activo.

A única coisa a ter em atenção é o comprimento dos cabos ATX24 pinos e ATX/EPS12V, que são curtos para montar numa caixa de grande dimensões.

Mas não é um ponto negativo, porque é uma fonte voltada para sistemas mais simples, single VGA em caixas pequenas/microATX, onde o volume e comprimentos de cabos é mais que suficiente.

Outro detalhe é esta fonte operar apenas entre 200 e 240 volts. Mas como em Portugal e na Europa em geral a rede é de 220/230 volts, não é problema.

Esta fonte vai receber o nosso selo de recomendado, não porque se portou bem nos nossos testes simples e achamos que é um bom produto tendo em conta no global (onde entra a qualidade de construção, quer da carcaça, fonte e cabos, bem como o ruido, e claro o preço), mas porque em outras análises mais exaustivas a fonte não revelou problemas.

Caso fosse uma fonte recente, não poderíamos atribuir o selo de recomendado sem testar exaustivamente, visto que uma fonte até pode funcionar perfeitamente num computador normal, mas em testes de stress revelar problemas graves.

recomendado

Agradecimentos

A ZWAME agradece à ANTEC pela disponibilidade do material para teste.

Copyright © Zwame, Lda 2012. Reprodução proibida sem autorização prévia.

Página anterior 1 2 3 4 5
Etiquetas

Artigos Relacionados

Back to top button
Close
Close