Notícias

Microsoft na lista dos 20 maiores contribuidores do kernel do Linux

A Microsoft é dos um dos 20 maiores contribuintes de código para o kernel do sistema operativo de código aberto, segundo um relatório apresentado ontem pela Linux Foundation. É a primeira vez, que a empresa de Redmond aparece na lista.

As contribuições da Microsoft para o kernel do Linux ainda são ultrapassadas ​​pela Red Hat, Novell, IBM e muitos outras. Mas o aparecimento da Microsoft no lugar numero 17 na lista reflecte uma abordagem cada vez mais pragmática da empresa e um reconhecimento que os clientes corporativos, inevitavelmente, recorrem a tecnologias de código aberto juntamente com o Windows e outros produtos Microsoft. Citando o comunicado à imprensa da Linux Foundation: “Como o Linux atingiu um estado de onipresença, em que tanto as empresas e os mercados de computação móvel estão a contar com o sistema operativo, a Microsoft está claramente trabalhar para se adaptar”.

Globalmente, o volume de contribuições corporativas para o kernel Linux deixa cair por terra alguns dos estereótipos tradicionais sobre o desenvolvimento deste kernel para os sistema operativos de código aberto. Segundo o mesmo relatório “mais de 75% de todo o desenvolvimento do kernel é comprovadamente feito por programadores que estão a ser pagos por seu trabalho”.

As contribuições para o kernel por parte da Microsoft começaram em 2009 através do lançamento de código dos drivers que permite ajudar a executar Linux em conjunto com a tecnologia de virtualização do Windows Server.

Etiquetas

Artigos Relacionados

Close