ArtigosNotícias

A NVIDIA acaba de acrescentar novas placas de entrada de gama à série GeForce 600

Felizmente para os utilizadores nem todos os chips destas placas são Fermi como previsto anteriormente, a NVIDIA decidiu fazer uma mistura entre GPUs Fermi e Kepler neste segmento de entrada de gama. A mais poderosa destas placas gráficas é a GeForce GT 645, baseada no Fermi GF114, já bastante conhecido por ter feito parte da GTX 560.

A Nvidia lançou três variantes da GeForce GT 640, que diferem no tipo de memória, largura de banda e GPU usado, dois deles usam o novo Kepler GK107 com 384 núcleos CUDA, 24 TMUs e 16 ROPs.

A velocidade de relógio varia entre 720 MHz no GPU Fermi até 950MHz no Kepler, a placa GT 640 baseada no GF116 terá até 3 GB de RAM GDDR3.

Ficamos há espera das placas de média e alta gama.

Etiquetas

Artigos Relacionados

Close