AnálisesDestaque

Análise Nokia Lumia 800

6. Prós, contras e conclusão

 

Prós

– Espectacular design e elevada qualidade de construção

– Todo o sistema é rápido e fluído

– Sensor de luminosidade eficiente

– Ecrã AMOLED com cores vibrantes e bom desempenho em todas as situações

– Câmara rápida e de qualidade acima da média, flash Dual LED

– Aplicações Nokia exclusivas e úteis

 

Contras

– Não tem câmara frontal

– Não tem acesso directo à bateria

– Faltam mais opções de armazenamento (limitado a 16GB neste momento)

– Mais opções para melhorar a usabilidade como o botão iniciar (logo Windows) piscar em caso de notificações (para manter o minimalismo e não ser necessário um LED dedicado) e opções para melhorar o uso dos restantes sensores (como por exemplo virar o telefone para silenciar ou no caso de chamada ligar o altifalante, etc)

 

 

Conclusão

Gosto especialmente de usar o Windows Phone no meu dia-a-dia e o tempo que tive com o Nokia Lumia 800 foi bem passado – é uma melhoria em vários aspectos quando comparado com o HTC Mozart ou o LG E900 que são os equipamentos com que mantenho mais contacto. O design chamou a atenção de quem o viu e que acabou por gostar muito de mexer no Windows Phone. Considero portanto uma vitória da aliança Nokia – Microsoft e espero que a gama Lumia continue a aumentar com bons e bonitos equipamentos.

A Nokia mantém uma relação mais próxima com a Microsoft no Windows Phone e de uma forma geral ambas necessitam que a aliança seja um sucesso para os seus produtos serem um sucesso também. A meu ver a Nokia está a apostar forte, lançando aplicações exclusivas e úteis – fruto do seu extensivo conhecimento e tecnologias.

Destaque ainda para a preocupação da Nokia com os seus utilizadores, ao lançar actualizações frequentes e rapidamente quando são detectados bugs, o que nem sempre é comum acontecer com outros fabricantes.

Gostaria ainda de falar novamente no sensor de luminosidade, pois apesar de ter usado vários smartphones, fiquei realmente surpreendido com a eficácia do sensor do Nokia Lumia 800. O ecrã é também algo a destacar – cores vibrantes que contrastam com os pretos realmente pretos e uma performance exemplar fora de casa com muito sol – é possível ver o ecrã com clareza.

Os pequenos ajustes da Nokia que encontrei no Windows Phone podem impedir alguns erros de utilização, como o tempo limite do ecrã ser de 5min – fazendo com que a bateria não descarregue tão rapidamente.

De louvar também o volume de teclado ajustado – o som do teclado do Windows Phone é algo que gosto de ter activado, mas no caso dos restantes Windows Phone, o volume das teclas é igual ao volume global, o que significa que incomoda em situações normais, mesmo em níveis mais baixos. A Nokia limitou o volume do teclado, sendo que no nível 20 ou mesmo 30 o volume das teclas não incomoda.

A vibração do telefone é também mais suave e muito menos barulhenta que a do HTC Mozart, mas igualmente eficaz.

Quero realçar mais uma vez a minha recomendação do Nokia Lumia 800 para qualquer tipo de utilizador – é uma das melhoras formas de desfrutar do Windows Phone actualmente – um telefone bonito, resistente e de qualidade acima da média com extras muito interessantes num sistema operativo também bonito, rápido e inovador.

Agradecimento

A ZWAME agradece à NOKIA pela disponibilidade do material para teste.

Página anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11Página seguinte
Etiquetas

Artigos Relacionados

Back to top button
Close
Close