ArtigosDestaque

Raspberry Pi Modelo B. O computador de 35 dólares

O Raspberry Pi é um mini computador único. Apoiado por uma instituição sem fins lucrativos resulta da ideia de disponibilizar o computador mais pequeno e barato possível. Não podendo ter uma performance do outro mundo também não é esse o objectivo.

IMG 1945

A embalagem onde vem o Raspberry Pi.

IMG 1946

A caixa tem a documentação e o Raspberry Pi, que é protegido por cima e por baixo com espuma. Muito bem acondicionado.

IMG 1947

A documentação é constituída apenas por estas duas folhas.

IMG 1950

Pormenor da parte superior. Como é visível a motherboard é muito simples e o chip da Broadcom não tem qualquer sistema de arrefecimento. Para o poderem utilizar vão necessitar de algum equipamento que é fácil de encontrar. As dimensões são: 85.60mm x 53.98mm x 17mm. Os conectores tal como o SD saem ligeiramente do PCB. O peso fica-se pelas 45g. O modelo que apresentamos aqui é o modelo B. Difere do modelo A por ter uma porta Ethernet e mais uma porta USB. O preço é de 35 dólares em vez dos 25 dólares do Modelo A.

Vão precisar:

  • Teclado e rato USB.
  • Cartão SD. O cartão SD é onde vai estar a correr o sistema operativo. É recomendado um cartão SD de Classe 4 ou superior com pelo menos 4GB. Todos os cartões SD têm inscrito a Classe. Habitualmente vai de 4 a 10 sendo que quanto maior for o número mais rápido é o SD. A comunidade tem desenvolvido imagens de sistema operativo para este equipamento. Um bom local para começar a procurar é no próprio site do equipamento na secção de downloads. Neste momento há 3 versões de Linux sendo a recomendada a versão Debian. Têm no entanto também uma versão de Arch Linux para ARM e QtonPi. Pessoalmente desconhecia por completo a existência deste último.
  • Monitor ou televisor com saída HDMI ou adaptador a partir de uma porta DVI por exemplo.
  • Transformador micro USB com capacidade para no mínimo 700mA a 5V. Não tentem ligar o Raspberry Pi ligando a uma porta de outro computador ou a um Hub USB.

 

Raspi Iso Blue

Imagem oficial com o esquema dos vários componentes e a sua identificação. A imagem é suficientemente explicita. Vamos olhar para o chip da Broadcom para compreender melhor do que este equipamento é capaz. O chip é Broadcom BCM2835. Contem um ARM1176JZFS que funciona a 700MHz e uma Videocore 4 GPU. O GPU é capaz de correr um vídeo com qualidade que se encontrar nos BluRay usando o codec H.264 até 40 MBits/s. Tem um core 3D que é acedido com as bibliotecas OpenGL ES2.0 e OpenVG.

IMG 1952

Parte inferior. Do lado esquerdo podem ver onde se encontra o SD card.

IMG 1953

Nesta imagem é bem visível como as portas USB, audio e RCA ficam saídas em relação ao PCB.

IMG 1955

Porta de rede e as duas portas USB.

IMG 1956

Pormenor da saída audio e RCA.

IMG 1958

A alimentação é feita pela porta micro USB.

IMG 1960

Saida HDMI. A escolha de HDMI é interessante porque permite ligar a qualquer monitor/televisor recente.

IMG 1961

Vista de cima. A sua dimensão é mesmo pequeno com: 85.60mm x 53.98mm x 17mm.

Pode olhar-se para o raspberry Pi e dizer que é um brinquedo muito barato e que é apenas uma motherboard com um processador, mas, a vantagem do preço baixo e a sua simplicidade permitem, por um lado perceber facilmente o seu funcionamento e por outro torna-o num dispositivo excelente para a educação e para múltiplos projectos diferentes entre os quais a de mediacenter bastante capaz, pelo que se deixa antever. O seu sucesso tem sido o seu maior inimigo ao não estar disponível para venda imediata. Apenas é disponibilizado uma unidade por pessoa e esta unidade foi encomendada à alguns meses e apenas agora foi entregue.

Estou particularmente curioso para ver a sua utilização como mediacenter, eventualmente como NAS e é seguro que é um concorrente forte ao arduino que é muito menos poderoso.

 

Agradecimento

A ZWAME agradece ao Tiago Serra do xDA pela cedência do equipamento aqui apresentado.

Artigos Relacionados

Close