Notícias

Apple volta a utilizar a certificação EPEAT

Nova geração MacBook Pro com Retina Display

Após o anúncio da semana passada que iria retirar a certificação EPEAT de 39 dos seus produtos por questão de design, a Apple decidiu recuar com a sua decisão voltando a colocar o selo da certificação nos seus produtos.

Numa carta publicada no site da Apple do Senior Vice-presidente da engenharia de hardware da Apple,  Bob Mansfield, reconheceu o erro de retirar a certificação EPEAT dos produtos da Apple pelo que muitos “clientes leais à marca” ficaram muito decepcionados com a mudança da filosofia da empresa. O EPEAT (Electronic Product Environmental Assessment Tool) é um método para os consumidores poderem avaliar o impacto de um determinado produto no ambiente, e é gerido pelo Green Electronics Council.

Mansfield na carta especificou que a Apple é a única empresa a reportar as emissões de gases de efeito estufa para cada produto em que cada um de seus produtos e que  possuem uma classificação energética superior à padrão Energy Star 5.2 e de ser a única empresa da hardware a fazer este tipo de declarações publicamente.
A Apple, pelo que se pode concluir através da leitura da carta, possui normas de qualidade e ambientais superiores às questão estabelecidas na certificação EPEAT. Esta alteração de posição é um raríssimo exemplo da mudança de ideias da Apple devido a tomada de posição que foi aparentemente impopular entre os seus clientes e seguidores.

Fonte: The Verge / Apple

Etiquetas

Artigos Relacionados

Close