ArtigosNotícias

Western Digital apresenta o HDD hibrido mais fino do mercado

A Western Digital apresentou ontem ao mundo, o primeiro disco rígido híbrido de 2,5 ” que tem apenas 5 mm de espessura.
O novo disco rígido, é essencialmente destinado a ultrabooks e notebooks ultrafinos e promete oferecer um desempenho maior do que os tradicionais discos rígidos, graças à memória NAND flash integrada na unidade.

Matt Rutledge, vice-presidente de soluções de armazenamento da WD afirma:
“Os dispositivos móveis estão cada vez mais pequenos, mais finos, mais leves e mais ágeis. Trabalhando com nossos parceiros tecnológicos, a WD tem desenvolvido novas unidades de 5mm de espessura que permitem alta capacidade de armazenamento, juntamente com excelente desempenho e economia superiores para permitir aos nossos clientes expandir as suas ofertas finas “

Com eficiência volumétrica, uma preocupação chave para fabricantes de sistemas, a WD inseriu no mercado, discos rígidos para 7 milímetros de altura para notebooks no início deste ano (historicamente, as unidades de disco rígido para notebooks eram de 9,5 mm).

Os novos HDD híbridos de 5mm permitirão aos fabricantes dos computadores mais finos do mercado, oferecer 500 GB de capacidade, utilizando menos quase 50% de volume em comparação com os atuais 9,5 mm dos discos rígidos convencionais. Com menos de um décimo do preço dos SSDs de capacidade semelhante, se bem que a performance também não tenha comparação.

Ao contrário da tecnologia utilizada pela Seagate nos seus HDD híbridos Momentus XT, que já estão disponíveis no mercado há algum tempo e com sucesso, a WD utiliza uma tecnologia a que apelidou de “Multi-Cell”. Esta tecnologia híbrida da WD utiliza o conceito de armazenamento em camadas. Os dados acedidos com mais frequência (Hot data) são geridos através da NAND flash para garantir tempos de resposta superiores, enquanto os dados acedidos com menos freqüência (“Cold” data) são geridos nos discos magnéticos.

O disco magnético faz o backup de todos os arquivos que residem na NAND, protegendo o utilizador do desgaste natural da NAND  e preserva-o para a manipulação de dados mais utilizados.

 

Fonte

Press Release

Etiquetas

Artigos Relacionados

Close
Close