AnálisesDestaque

Análise à placa gráfica MSI GTX 960 Gaming 2G

Benchmarks

Temos um novo sistema de benchmarks já já utilizamos para testar aos SSDs mais recentes pelo que em termos de placa gráfica apenas podemos comparar com a placa gráfica onboard. Seria interessante ter mais variedade mas efetivamente é o que temos mas que irá aumentar com o tempo.

Processador Intel Core i7-4790K @ 4GHz
Cooler Antec Kuhler 620
Motherboard ASRock Z97 Extreme4
Placa Gráfica MSI GTX 960 Gaming 2G
RAM Crucial Ballistix Sport 2 X 8GB DDR3
Armazenamento OCZ RevoDrive 350 480GB
Fonte de Alimentação Antec CP-1000
Caixa Benchtable aberta
Sistema Operativo Windows 7 SP1

AIDA 64 GPU

AIDA64-GPU-AES256

AIDA64-GPU-FloatingPoint

AIDA64-GPU-Integer

AIDA64-GPU-Memory

AIDA64-GPU-SHA1

AIDA64-GPU-SinglePrecisionJulia

Como seria de esperar em todos os testes a gráfica é muito superior à gráfica onboard. Não podia ser diferente.

CineBENCH

Avalia a performance da gráfica  em modo OpenGL usando uma cena complexa de perseguição automóvel em 3D.

CineBench-15-OpenGL

Cerca de 50 frames por segundo é um excelente resultado numa placa gráfica de média gama.

PCMark 8

O PCMark 8 é um benchmark que testa o desempenho geral do sistema.

PCMark8-Creative

No modo Creative o PCMark 8 inclui vários workloads típicos de entusiastas e profissionais que trabalham com media e conteúdo de entretenimento. Este é um benchmark para sistemas de média gama. Inclui navegação na web, edição de fotos e vídeo, conversas com vídeo em grupo, transcoding e jogos. Pelos resultados tão próximos dá para perceber que é de facto um teste pouco exigente caso contrário a gráfica da MSI daria uma vantagem muito superior.

PCMark8-Home

Neste modo o foco são tarefas comuns de utilizadores esporádicos mais indicado para portáteis, tablets de baixo custo e desktops. Sem novidade a MSI ganha novamente.

PCMark8-Work

Neste teste é avaliado o desempenho em testes de produtividade mais próprias de um escritório. Atendendo que o processador que estamos a usar, o topo de gama desta linha da Intel, é mais que suficiente, este é um cenário em que há pouca diferença nos resultados.

LuxMark

O LuxMark testa a performance OpenCL.

Luxmark

Não há nada que o GPU integrado no processador da ASRock possa fazer contra uma GTX960, mesmo quando usa o GPU e CPU ao mesmo tempo.

Unigine

O Unigine é um benchmark intensivo para placas gráficas que leva as mesmas ao limite.

Unigine-Heaven

Unigine-Valley

Entramos em terrenos em que a placa gráfica brilha e esmaga completamente a gráfica integrada. Não é nada de inesperado mas temos que destacar que em ambos os casos ultrapassa os mágicos 60 frames por segundo, que é sempre algo que os gamers querem ver num jogo.

3DMark

O 3DMark não precisa de apresentações para quem segue a ZWAME. É um benchmark sintético de jogos, mas inclui a parte de Física (“Physics”) que é processada pelo processador.

3DMark-IceStorm

3DMark-CloudGate

3DMark-SkyDiver

Sem admiração os valores do Physics são iguais atendendo que o sistema é o mesmo e tem o mesmo processador. Em termos gráficos é mais do mesmo. Mostramos os resultados do teste Fire Strike na secção de overclocking.

Jogos

BioShock-Infinite

LostPlanet2

PLAGame

ResidentEvil6

TombRaider

Em todos os jogos em que a medição é em frames por segundo os resultados não deixam de impressionar.

Página anterior 1 2 3 4 5Página seguinte
Etiquetas

Artigos Relacionados

Back to top button
Close
Close