AnálisesDestaque

Elephone S7 64GB

Benchmarks

Como já mencionado, o CPU usado neste Elephone S7 faz uso de 10 núcleos. Estes núcleos encontram-se divididos em 3 conjuntos, numa expansão do conceito big.LITTLE. Além dos 4 A53 de consumo ultra baixo usados em repouso, existem ainda 4 A53 capazes de maiores frequências, até 1,9GHz, para cargas de trabalho baixas a moderadas e ainda dois Cortex-A72 a 2,3GHz, núcleos de alta performance para as tarefas mais pesadas. Esta configuração promete fazer boa concorrência aos melhores SoCs do mercado.

A componente gráfica fica a cargo de um GPU Mali-T880, numa implementação de 4 núcleos (MP4). Este GPU é perfeitamente capaz de proporcionar uma boa experiência na esmagadora maioria dos jogos disponíveis para Android, mas não é expectável que esteja a par, em performance pura, das soluções de topo disponíveis no mercado, que usam implementações de 12 núcleos deste GPU, ou equivalentes.

Performance geral


elephone-s7-pcmark-writing2

elephone-s7-pcmark-webbrowsing2

elephone-s7-pcmark-videoplayback

elephone-s7-pcmark-videoediting

elephone-s7-pcmark-datamanipulation

Paralelamente ao seu irmão para PC, o PCMark para Android inclui um conjunto de testes que pretendem simular cenários de utilização real.

elephone-s7-pcmark-computervisionzxing

elephone-s7-pcmark-computervisiontesseract

elephone-s7-pcmark-computervisiontensorflow

Além dos anteriores, o PCMark incluí ainda uma série de testes de reconhecimento de padrões em imagens. Algo importante, por exemplo, no contexto da realidade aumentada, na interacção homem-máquina ou na AI de pesquisas.

elephone-s7-browser-webxprt2015

elephone-s7-browser-kraken

elephone-s7-browser-jetstream
E, com cada vez mais pessoas a aceder à internet primariamente no smartphone, não podíamos deixar de fora os habituais testes de browser.

Não esperávamos, obviamente, que o Elephone batesse o topo de gama da Samsung, mas acabou por ficar surpreendentemente perto. Tão perto que duvidamos que sejam distinguíveis a olho nu, na prática. A maior diferença deverá ser sentida em tarefas que sejam facilmente paralelizáveis, como suspeitamos ser o caso da Escrita e Manipulação de Dados, onde os 4 núcleos de alta performance do Samsung fazem a diferença vs. os 2 do Elephone.

Performace 3D

elephone-s7-3dmark-slingshotextremeunlimited

elephone-s7-3dmark-icestormunlimited

O venerável 3DMark marca presença também em Android. As versões Unlimited dos testes são renderizadas offscreen, eliminando factores como a resolução do ecrã e outros eventuais constrangimentos, como vSync, de modo a que todos os dispositivos sejam testados nas mesmas condições.

elephone-s7-gfxbench-trex

elephone-s7-gfxbench-manhattan31

elephone-s7-gfxbench-manhattan

elephone-s7-gfxbench-carchase

GFXBench é outro clássico dos Benchmarks 3D OpenGL em Android. Também aqui publicamos os resultados dos testes offscreen.

Na performance 3D, como já era esperado, o Mali T880 MP12 presente no Samsung esmaga o MP4 do Elephone, ou não tivesse o triplo do poder gráfico.
De notar, no entanto, que o GPU do Samsung tem de alimentar um ecrã QHD (1440 x 2560), enquanto que o do Elephone apenas tem de produzir imagens 1080p. A diferença, na prática, é grande, mas não é tão abissal como nos benchmarks.

Performance do armazenamento interno



elephone-s7-pcmark-storagesequential
elephone-s7-pcmark-storagerandom

elephone-s7-pcmark-sqlite

O PCMark para Android incluí também testes dedicados ao armazenamento, que aproveitámos para testar estes equipamentos.

elephone-s7-androbench-sequential

elephone-s7-androbench-random

elephone-s7-androbench-sqlite

O AndroBench é um benchmark dedicado ao armazenamento. Tal como o PCMark, além de testes de simples, leitura e escrita, inclui testes com operações de manipulação de bases de dados SQL.

A memória NAND é cara e tanto mais cara quanto mais rápida. Estes resultados não são os melhores para o Elephone, mas não são surpreendentes. 64GB de memória já são bastante generosos num equipamento de 250€. Memória de alta performance, por este preço, talvez já fosse pedir um pouco de mais.
No dia a dia não se nota muito o impacto da performance da NAND já que toda a memória flash acaba sempre por ter bons tempos de acesso. Mas em tarefas como a instalação de aplicações o Samsung é verdadeiramente impressionante, com instalações rapidíssimas, mesmo das aplicações mais pesadas. O Elephone, mesmo sem se tornar penoso, é notoriamente mais lento.
A Samsung tira, certamente, dividendos da posição privilegiada e da grande experiência que tem com a memória flash.

Página anterior 1 2 3 4 5 6Página seguinte
Etiquetas

Artigos Relacionados

Close