AnálisesDestaque

Corsair ValueSelect 2x8GB DDR4 SODIMM 2133MHz

Condições do teste

As memórias foram testadas num computador da Shuttle com um Pentium G4560, que é dual core com Hyperthreading. O chipset é o H110 e por isso não tem qualquer possibilidade de se fazer overclock. A gráfica usada é a integrada e a motherboard tem a última BIOS.

Depois de colocada a memória, não foi preciso alterar nada na BIOS, para as memórias funcionarem à velocidade anunciada pelo SPD. Tudo funcionou à primeira. De referir que testamos as memórias noutro mini-pc e também aí logo à primeira elas funcionaram e à velocidade anunciada.

Como podem ver o SPD anuncia sempre os mesmos valores. A memória é single rank.

Para a comparação, usamos uma motherboard ASRock com o chipset Z170 e as memórias “Corsair Vengeance LPX” a funcionar a 2133 MHz, uma plataforma que nos permite comparar as ValueSelect contra um sistema entusiasta. O processador é o mesmo, o Pentium G4560 a usar a gráfica integrada.

Estas memórias também ficaram a funcionar com os timmings a 15-15-15-36.

No entanto, estas memórias além de terem o tradicional SPD a 2133 MHz, a velocidade máxima da JEDEC, tem também um perfil XMP 2.0 que as permite funcionar a 3000 MHz numa motherboard que suporte esses perfiz.

Benchmarks

AIDA64

Enquanto a nível de escrita, os valores são próximos, a nível de copia e leitura o SODIMM da Corsair perde por bastante margem. No entanto este benchmark é sintético e não sabemos se é a motherboard do Shuttle com o seu chipset H110 que tem valores mais conservadores. Na prática a diferença não é esta.

A nível de latência o valor é mais ou menos o mesmo e na prática não há qualquer diferença entre os dois sistemas com estas duas memórias diferentes.

CineBENCH R15

O Cinebench 15 tem dois valores que são normais e tem o resultado de OpenGL, que não vou dar muita importância, porque a diferença é tal que tem que existir mais algum factor que não as memórias. No sistema com os DIMMs de certeza que há algum problema para ter este resultado tão diferente. A nível do processador, usando todos os cores, as ValueSelect ganham por pouco enquanto quando usa apenas um core, elas perdem por pouca diferença. Estes dois valores são normais e eram o esperado.

LuxMark 3.0

No Luxmark as ValueSelect ganham, mas por pouco. A diferença não é significativa e podemos dizer que as duas memórias se comportam da mesma forma.

x265

O mesmo acontece no benchmark de enconding em x265. As ValueSelect ganham, mas não de forma significativa. Seja como for, cada segundo ganho em enconding é uma vantagem bem-vinda.

7-Zip

O 7-Zip é interessante, porque aqui a diferença é mais substancial e o sistema com as ValueSelect consegue ter uma performance bem mais interessante que o normal.

y-cruncher

O y-cruncher é muito sensível à latência e velocidade da memória e com estes resultados podemos comprovar que há poucas diferenças entre estas duas memórias. Estes SODIMMs da Corsair cumprem e até conseguem uma ligeira vantagem.

Jogos

Rise of the Tomb Raider

GRID Austosport

GTA V

Corri estes 4 jogos, para ver se havia diferença entre o sistema com DIMMs e estas memórias SODIMM e na maior parte dos benchmarks o resultado é igual. Quando há diferença é de 1 ou 2 frames que está dentro da margem de erro. Por isso, podemos dizer que é indiferente.

Página anterior 1 2 3 4Página seguinte

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo