AnálisesDestaque

Toshiba RC100

O princípio do fim das boot drives SATA.

Fotos

A embalagem é simples e relativamente parca em informação prestada. Na frente temos a indicação da capacidade e do formato e na traseira encontramos mais alguns pontos essenciais em destaque. Para informações e especificações mais completas, a Toshiba convida à consulta do seu site.

No interior encontramos a drive, protegida numa concha plástica que parece preparada para também acomodar drives de 80mm. Talvez já a pensar nalgum futuro produto. Temos ainda um guia de iniciação rápida com instruções ilustradas de instalação.

A drive é um simples módulo M.2 2242, com um único chip a ocupar o diminuto PCB.

Este chip integra a memória flash e o controlador num só pacote, conseguindo fazer parecer até o pequeno módulo 2242 um desperdício de espaço.

Na traseira temos apenas um autocolante com as designações de modelo e selos de conformidade.

A drive ao lado de um SSD convencional de 2,5”.


Evolução…

Mais uma ajuda visual de escala, porque as fotos só por si não fazem justiça ao quão diminuta é esta drive.

Ao lado do irmão mais velho RD400, um SSD M.2 no mais usual formato 2280.

Ambos montados na motherboard.

Página anterior 1 2 3 4 5Página seguinte
Etiquetas

Artigos Relacionados

Close
Close