AnálisesDestaque

Análise Samsung Galaxy Tab

Conclusão

O novo tablet da Samsung tem um tamanho reduzido com apenas 7″ pequeno o suficiente para caber no bolso do casaco, grande o suficiente de forma a não limitar a experiência multimédia e resistente devido ao seu método de fabrico nomeadamente pela utilização de Gorilla Glass.

Apesar de não ser AMOLED ou sAMOLED a qualidade do ecrã é espectacular, tal facto foi possível devido a manter a resolução de um equipamento maior num ecrã mais pequeno aumentando a densidade de pixeis(dot-per-inch) no ecrã. Destacamos contudo como ponto negativo o facto do ecrã ser um autêntico íman de dedadas e pó.

Apesar de ser anunciado como um tablet este dispositivo funciona também como telefone mas não focámos muito este ponto. No entanto, podemos adiantar que das chamadas de testes (cerca de 20) em nenhuma tivemos problemas de rede, seja ruído, chamadas perdidas, eco ou qualquer outra interferência, o volume de altifalante é suficiente, o tamanho caso seja utilizado como um telefone normal (encostado ao ouvido) é ligeiramente desconfortável e algo inestético.

Adicionalmente não existe nenhuma aplicação de momento que tire partido a 100% das capacidades de vídeo-chamada no tablet, as que existem ou têm dificuldades em manter a ligação ou então a qualidade é muito reduzida, a Samsung aqui deveria ter ponderado disponibilizar de raiz uma aplicação ou método de interacção que permiti-se realizar vídeo-chamadas via Wi-fi. A opção de vídeo-chamada está incorporada na aplicação de chamadas mas apenas nos deixa marcar um número caso tenhamos um cartão sim inserido, o que significa um custo extra.

A bateria não chega próximo do anunciado (7h – 8h ) caso se trate de uma utilização regular e intensiva nomeadamente como na visualização de filmes ou a jogar várias horas seguidas, embora caso seja dada uma utilização esporádica como se de um smartphone se trata-se nomeadamente abrir algumas páginas, consultar o calendário e o e-mail, e utilizar algumas apps, assim como alguns jogos ocasionalmente a bateria aguenta-se mais do que o indicado estando próximo dos 2 dias, isto com o tráfego em background desligado, o push e-mail manual entre outros tweaks que os utilizadores de Android já estão mais que habituados.

O facto de suportar flash permite uma experiência mais rica na navegação em páginas da internet dando acesso a alguns conteúdos que alguns equipamentos limitam como é o caso dos utilizadores de smartphones ou tablets da marca da Apple,desde vídeos online, jogos flash, alguns sites que não carregavam entre outros.

A navegação fica severamente mais lenta devido ao carregamento dos conteúdos e por vezes chega mesmo a ficar sem resposta alguns segundos (2/3 seg) e grande parte dos sites infelizmente ainda reconhece o tab como sendo um smartphone sendo apenas possível aceder à versão mobile caso estejamos a utilizar o browser por defeito.

A qualidade da câmara traseira apesar de não ser perfeita tem uma boa panóplia de opções que apesar de não garantirem fotos inesquecíveis é uma alternativa caso não queira andar carregado com a câmara fotográfica adicional atrás.

Ainda no que diz respeito às fotografias notámos que a aplicação gallery é algo lenta e instável ficando por vezes vários minutos a carregar ou chega mesmo a bloquear.

A interface TouchWiz em conjunto com o Android 2.2 conferem uma interactividade quase inigualável em comparação com qualquer outro equipamento no mercado e às aplicações e temas disponíveis no Android Market permitem várias configurações a nível do equipamento de forma a torná-lo único e pessoal dependendo de quem o utilize. Tal facto é possível devido às mais de 100.000 aplicações pagas e gratuitas disponíveis.

Daqui apenas destacamos o facto de que grande parte das aplicações não se ajustam ao ecrã automaticamente criando uma barra negra ao redor da aplicação.

O Tablet tem uma óptima qualidade de construção, apesar de plástico dá uma sensação de robustez ao toque e uma estética bastante moderna, e é no preço que se conclui que a Samsung não pretende fazer concorrência ao iPad com este tablet mas sim explorar um mercado que até agora poucos tablets apostaram.

O paradigma parece complicado estando o iPad sensivelmente 100€ mais em conta. Apostar no Tab, quando as aplicações não estão feitas para este tipo de ecrãs não é uma boa aposta de momento.

A própria Google afirmou que o Android na versão actual não é ideal para Tablets, e tal facto foi verificado durante o tempo de utilização, desde o equipamento bloquear por alguns segundos a fazer tarefas simples, a desligar-se completamente sem motivo aparente mesmo quando tem bateria suficiente. Outro ponto que convém referir é a luminosidade.

Quando o Tab está a ficar quase sem bateria, automaticamente diminui a luminosidade do ecrã tornando a tarefa de trabalhar nele quase impossível.

Mesmo tendo em conta estes pequenos “glitches”, quando o tablet funciona normalmente, funciona extremamente rápido, mesmo com várias aplicações abertas em simultâneo, a interface apresenta-se bastante fluida e sem quebras concedendo ao utilizador uma utilização simples, eficaz, intuitiva e bastante satisfatória.

O dispositivo não é mau, o problema é que pelo preço esperamos ter um gadget sem falhas no que concerne as funcionalidades base que vêm de origem algo que não se verifica neste tablet , pelo que recomendamos vivamente que aguarde, seja pela baixa de preço ou pelo lançamento da próxima versão do Android.

Se por outro lado gosta de gadgets topo de gama ou não se importa com meia dúzia de bugs facilmente ultrapassáveis e que esperamos, em breve corrigidos, basta dirigir-se a uma loja de informática/electrónica mais próxima ou de telecomunicações e adquirir o seu exemplar.

Mas e então até lá o que fazer caso precise de um equipamento para lidar com todas as suas necessidades de trabalho e lúdicas e o seu antigo telefone/smartphone está mesmo a pedir a reforma? Tem claro por menos 200€ e caso não possa esperar o Galaxy S, 3″ mais pequeno em termos de ecrã mas nada atrás em termos de qualidade e desempenho.

Página anterior 1 2 3 4 5 6 7 8Página seguinte
Etiquetas

Artigos Relacionados

Back to top button
Close
Close