Artigos

Chromium OS – Flow by Hexxeh

O Cr-48 da Google, o netbook para teste do Chrome OS, já correu as bocas do mundo.  Hoje venho dar a conhecer o Flow, uma build do Chromium OS. Para os que não sabem, o projecto Chromium é a base do Chrome, quer do browser, quer do sistema operativo, e que, sendo Open Source, está disponível a todos o código-fonte do mesmo.

O Flow é uma build do Chromium OS, feita por um programador, de nickname Hexxeh. A interface será familiar a quem já utiliza o browser Chrome/Chromium, sendo as extensões também compatíveis.

O conceito do Flow é em tudo semelhante ao do Chrome OS, não fosse a filosofia e a espinha dorsal a mesma: a Internet e nada mais. Se quer ter uma ideia do que será o Chrome OS da Google, porque não experimentar?

Com Flash e HTML5 incorporados, o Flow permite tirar partido da Internet em pleno. O sistema operativo em questão, tal como o Chrome OS,  é a web, pura e dura, nada mais. As características mais relevantes do Flow, resumidamente, são:

  • Menus personalizáveis pelo utilizador;
  • Updates automáticos;
  • Suporte à aceleração por hardware com GPU Nvidia (incluindo o ION);
  • Suporte a webcam.

O sistema pode funcionar em modo Live, a partir de uma pen USB, mas é também possível instala-lo em disco. Estão também disponíveis para download imagens de disco para VMware. Em baixo pode ver o Flow a correr no VMware Player.

Instalação

A instalação em paralelo com outros sistemas operativos requer um outro sistema operativo Gnu/Linux, mas caso o objectivo seja usar o Flow como o único sistema operativo na sua máquina, há um instalador que pode ser utilizado (atenção: a instalação recorrendo ao instalador do Flow implica a perda dos dados existentes no disco)

Considerações finais

Se o objectivo é navegar na net, este sistema operativo “alternativo” cumpre sem dúvida a sua função. A interface não será um problema para quem já usa o browser Chromium/Chrome e até as extensões são compatíveis. Contudo, há algumas limitações ao nível do suporte ao hardware, limitações essas que podem mesmo tornar a utilização normal do computador impraticável.

No que toca a à rapidez de resposta, testei este sistema operativo no meu computador, a correr a partir de uma pen USB e fiquei desiludido: navegar entre tabs, abrir menus e navegar pelas páginas web tornaram-se uma experiência penosa. A situação não foi melhor no VMware Player.

Não é de todo recomendável usar o Flow como sistema operativo, ainda assim, há que dar mérito ao responsável pelo projecto.

Homepage

Etiquetas

Artigos Relacionados

Close