AnálisesArtigos

Análise Gigabyte H55N-USB3

Filmes

Vamos agora testar a reprodução de vídeos em alta definição.

Para tal vai se utilizar o KMPLAYER para reprodução dos vídeos, com o plugin do Media Player Classic, que é opensource e gratuito.

No que toca a medição de performance, registou-se quanto tempo de CPU foi usado para reproduzir totalmente os vídeos, pelo Task Manager.

Este teste foi feito com um demo sobre o HD-DVD em formato MKV 1920X1080P com 121 segundos, utilizando o codec VC-1 e áudio AC3 2.0 640 kbps. Neste utilizou-se o modo EVR, que tira partido da aceleração por hardware e VMR9, que não faz aceleração por hardware.

Este teste foi feito com um demo do RedAlert 3 em formato MKV 1280x720p com 149 segundos, utilizando o codec H.264 e áudio aac 2.0. É utilizado o MPC em modo EVR.

Este teste foi feito com um trailer do filme “Avatar” em formato MOV 1920X1080P com 211s segundos, utilizando o codec H.264, codificado a 9642 kbps e 23,9 fps e áudio 2.0 canais, a 1536 kbps 48 KHz. É utilizado o MCP em modo EVR.

Veredicto.

Actualmente não há suporte pela gráfica de descodificação HD pelo codec do MPC. Mas o processador tem potência mais que suficiente para lidar com vídeos HD. O PowerDVD já o suporta, mas não tenho uma licença para o utilizar.

Página anterior 1 2 3 4 5 6 7Página seguinte
Etiquetas

Artigos Relacionados

Close
Close