AnálisesDestaque

ASRock X58 Extreme3

Conclusão

Esta bord da ASRock impressiona em todos os aspectos. É o topo de gama da marca em todos os sentidos. Em termos de especificações tem tudo o que podemos desejar como é o caso de SATA e USB 3.0. Para os overclockers têm cooling activo do northbridge a pensar em todos os que querem tirar todo o potencial da board e que para isso podem recorrer a um sistema de watercooling. É que quando se escolhe essa via sabemos que por um lado poderemos puxar mais pelo processador mas vamos perder no arrefecimento dos componentes que muitas vezes limitam esse mesmo overclocking. Ainda a pensar nestes utilizadores os botões para ligar e fazer reset presentes na board e o botão de clr CMOS convenientemente colocado no painel traseiro para que tenhámos sempre tudo arrumado. Quantas vezes já arrumamos os cabos todos e depois decidimos fazer OC e temos que andar a tirar a tampa lateral para ceder ao jumper ou tirar a pilha que nunca fica muito a jeito. Isso neste caso não acontece.


Um outro aspecto que não referimos antes mas que é importante é a distância entre as duas PCI-E para os casos em que se quer ter as gráficas em SLI e Crossfire. A distância é um pouco maior do que o habitual o que reduz o risco de o calor de uma interferir com a outra placa.

Por último destacar o preço. É a board mais barata dentro do segmento em que se insere. Com todas as características que apresenta é difícil de pedir que também vença em termos de preço. Mas é o que acontece.
Ganha o nosso prémio de recomendado.

A ZWAME agradece à ASRock pela disponibilidade da motherboard para teste.


Página anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9
Etiquetas

Artigos Relacionados

Back to top button
Close
Close