Guias

Preparar o upgrade para o Lion

A Apple a exemplo do que nos tem habituado não revelou quando vai lançar o novo sistema operativo OS X (lê-se dez e não X) com o nome de Lion. O nome de grande felino é a aposta na continuidade em relação aos lançamentos anteriores.

Este lançamento representa uma mudança assinalável num aspecto em particular. A Apple optou por eliminar a distribuição do Lion via DVD e irá apenas disponibilizar o mesmo via App Store. É uma mudança que não está isenta de críticas atendendo que o download é de esperar que seja bastante grande o que para muitas pessoas pode ser problemático atendendo aos limites de tráfego.

Colocarei o resto deste artigo em formato de perguntas e respostas sucintas de modo a ser mais facilmente pesquisável.

Quais os Mac onde podem instalar o Lion?

O Lion só vai poder ser instalado nos Mac com processadores Intel ficando excluidos os modelos mais antigos com Core Solo ou Core Duo. Os modelos com Core 2 Duo, i3, i5, i7 ou Xeon.

Para verem qual é o processador do vosso Mac basta irem ao About This Mac.

Vai aparecer a janela seguinte com a informação referente ao processador.

 

De seguida devem verificar se  têm algum Update para fazer. É muito simples. Vão ver as três janelas seguintes em que pode variar o número de updates disponíveis.

 

Apenas devem instalar o Lion quando no About This Mac que já vimos anteriormente aparecer a versão mais recente do Snow Leopard que é a 10.6.8.

Backups

Toda a gente fala de backups mas mais importante do que falar é passar das palavras à acção. Devem sempre ter backups. E um backup é zero backups. Ou seja, se tiverem apenas um backup em caso de falha do disco principal passaram a ter uma cópia apenas. O nome do backup mudou… O OS X tem várias ferramentas formidáveis. Várias delas gratuitas. por isso não confiem na sorte e antes de instalar façam um backup. Espero que usem o Time Machine desde o dia em que compraram um Mac mas podem  também usar o Carbon Copy Cloner, o SuperDuper entre outros. Estes dois últimos fazem uma cópia do disco rígido do Mac e podem salvar a vossa vida. Além disso não deixem de ter pelo menos os ficheiros que usam no dia a dia que são importantes no dropbox.

Não é previsível que haja problemas na actualização para o Lion mas pensem que basta acontecer a vocês. Pode não ter acontecido a mais ninguém.

Quais são as opções de Instalação do Lion?

Há várias opções. No seguimento do que falamos anteriormente basta abrir a App Store quando o Lion for lançado e comprar que ele irá começar a ser descarregado para o vosso Mac. A instalação dessa forma será muito simples. Um aspecto a ter em conta e que podem não se lembrar é de ver o espaço disponível em disco. Convém ter alguns GB livres.

Para quem pretende uma instalação completa pode fazer sem qualquer problema. Vão ao ficheiro que descarregaram da App Store e clicam com o botão direito do rato e posteriormente seleccionam Show Package Contents. Ai vão encontrar um ficheiro com o nome InstallESD.dmg. Copiem este ficheiro para outra pasta e com o Disk Utility podem gravar num DVD. Se tudo correr bem passam a ter o vosso DVD do Lion. Logo que saia actualizarei aqui com imagens este procedimento.

Para quem fizer um clean install do Lion pode posteriormente copiar apenas as pastas que quer manter ou usar o Time Machine. Há ainda a opção do Migration Assistant que eu não domino e sobre o qual não vou falar.

O objectivo aqui é guiar os que estão menos à vontade com o OS X e lembrar que se fizerem backups têm sempre a possibilidade de voltar atrás caso tenham algum problema.

No meu caso em particular e tendo um MacBook e um Mac mini a minha estratégia é ter um backup com o Time Machine que corro imediatamente antes de uma actualização importante e uma imagem do disco que faço com o SuperDuper. Tenho a licença do SuperDuper mas para esta acção a versão não paga que funciona sempre pode ser utilizada. Basicamente faço para um disco externo uma imagem do disco do Mac e nas opções coloco para ele arrancar a partir do disco externo quando terminar. Desta forma asseguro-me de imediato que a cópia criada está a funcionar correctamente. E como já repararam acabo com dois backups como sugeri acima. Um pormenor que podem alguns não conhecer é que podem abrir o Time Machine de um Mac noutro e podem arrancar com o disco externo que criaram num Mac noutro.

Qualquer questão que tenham ou ajuda podem sempre colocar no Fórum.

 

Etiquetas

Artigos Relacionados

Close
Close