Notícias

Será que o Watson poderá ajudar doentes oncológicos?

Fonte: IBM

Será que o Watson, o supercomputador da IBM, poderá ajudar doentes oncológicos? A resposta é sim.

Segundo a Associated Press, o Watson irá começar a receber diagnósticos e tratamentos dos doentes oncológicos do Memorial Sloan-Kettering Cancer Center no final de 2013. O Watson poderá ainda fazer diagnósticos e sugerir tratamentos tendo conta os registos médicos de cada doente.

O Watson irá usar o seu poder de processamento através de linguagem natural e o seu sistema de inteligência artificial para estudar livros e estudos de oncologia mas também os registos médicos de pacientes, se estes derem a devida autorização. Um painel consultivo irá ainda testar os resultados das suas avaliações de casos de cancro mais complexos. Se a colaboração for bem-sucedida, a base de conhecimento do Watson poderá ser usada para ajudar a diagnosticar e a tratar casos de cancro em todo o mundo.

O Watson é um conjunto de 90 servidores IBM Power 750 capaz de processar o equivalente a 1 milhão de livros (cerca de 200 milhões de páginas de dados), analisar casos que examinou e dar respostas precisas tudo em menos de três segundos. Uma só palavra para definir: impressionante.

Etiquetas

Artigos Relacionados

Close