AnálisesDestaque

elgato Thunderbolt 3 Mini Dock


Funcionamento

Utilizamos este dispositivo com dois monitores externos, não temos à disposição monitores a 4K que são suportados, mas sim um ultrawide com uma resolução de 3440×1440 e um monitor de 27” com uma resolução de 2560×1440 pixels e não tivemos qualquer problema. A resolução dos monitores foi bem reconhecida e a imagem é igual à que temos sem utilizar a dock.

Outro teste que efetuamos foi copiar um zip de 3,56GB do Mac para um disco externo mecânico, um disco externo SSD e novamente destes para o Mac. O teste foi efetuado com a dock e diretamente ligado ao portátil com um adaptador. Os resultados são apresentados em segundos.

elgato
USB-C
Mac – WD MyPassport 4TB
53,58
47,32
Mac – Samsung 850 Pro 512GB
10,657,54
WD MyPassport 4GB – Mac
51,1344,60
Samsung 850 Pro 512GB – Mac
9,93
11,97

Os resultados são superiores quando o disco está diretamente ligado a uma porta USB-C, exceto num cenário. Não é uma surpresa, mas na nossa opinião não suficientes para ganhar a comodidade de utilizar a Dock, e aqui temos apenas em linha de conta a velocidade na cópia para disco. É verdade que escolhemos um ficheiro pequeno mas arriscamos que a maioria dos compradores de um portátil nomeadamente da Apple terá escolhido 256GB ou 512GB pelo que não vão andar muitas vezes a copiar grandes quantidades de ficheiros.

Conclusão

Enquanto entusiastas é difícil não nos sentirmos atraídos pelo poder de um computador de secretária, mas no final a portabilidade acaba por ganhar e a opção por utilizar um portátil é a escolha. A elgato Thunderbolt 3 Mini Dock simplifica a nossa vida reduzindo a quantidade de cabos e adaptadores que necessitamos de transportar porque utiliza os conectores que hoje são mais utilizados. Não temos dúvidas que o conector USB-C é o presente mas essencialmente o futuro por necessidade, conveniência e facilidade mas esta e outras docks são a ponte que nos facilita a transição. Não resolve tudo, como por exemplo, a questão a leitura de cartões SD mas enquanto dock pequena e portátil aceita-se a sua ausência até porque permite ligar a máquina fotográfica que utiliza o cartão ou o leitor de cartões que já possuíamos sem necessidade de adaptadores.

Para quem liga o portátil a dois monitores é de facto uma solução excelente e habituou-nos mal ao longo destas semanas. Ocupando apenas as portas USB-C de um dos lados do portátil (uma com a dock e a outra com a alimentação) faz uma solução muito mais elegante do que ter todas as portas ocupadas.

A expectativa não era muito elevada atendendo que não tem sido algo que temos acompanhado em pormenor depois dos relatos das primeiras docks que não funcionavam muito bem. No entanto, a espera por encontrar problemas de funcionamento e termos que andar a pesquisar por soluções ao longo das semanas passou a admiração por funcionar sem falhas.

Pedir alterações é difícil num dispositivo tão pequeno e sem espaço na frente mas ter num dos lados um leitor de SD tornava-a ainda mais versátil.


A ZWAME agradece à Corsair a disponibilização do equipamento para análise.


Página anterior 1 2 3
Etiquetas

Artigos Relacionados

Close
Close