AnálisesDestaque

Antec EarthWatts 550W

Introdução

Vamos agora dar uma olhada em mais uma fonte de alimentação da Antec, a Earth Watts de 550W, que não é uma fonte qualquer de 550w, já que esta tem certificação 80 plus platinium, (eficiência entre 89% a 92%) ou seja a classificação máxima de eficiência para fontes que não servidores.

Esta série conta ainda com modelos de 450w e 650w, ou seja, fontes ideais para montagem de sistemas com pouco hardware, mas ao mesmo tempo com eficiência máxima.

Relembrar que os nossos testes de fontes são elementares, já que uma análise a sério de uma fonte implica a sua desmontagem completa e análise dos componentes internos, o que não será feita e teste exaustivo de vários parametros com equipamento caro, e quando digo caro é mesmo na ordem de milhares de euros, muito longe do que a ZWAME pode suportar.

Especificações

  • Fabricante : Antec
  • Modelo :EA550
  • Potência declarada :550W
  • Tipo de fonte :ATX versão 2.3 , EPS 2.91
  • Eficiência declarada: Entre 90% e 93%, com certificação 80 plus Platiniun – ver report
  • Voltagem de entrada : 100-240 AC
  • Proteções : Over Current Protection (OCP), Over Voltage Protection (OVP), Under Voltage Protection (UVP), Short Circuit Protection (SCP), Over Power Protection (OPP), Surge & Inrush Protection (SIP), No Load Operation (NLO) & Brown-Out Protection (BOP)
  • Arrefecimento : Uma ventoinha de 120 mm (Ball Bearing)
  • Temperatura de operação: N/A
  • PFC activo: Presente e testado
  • Acessórios incluídos: Cabo AC de ficha europeia, 4 parafusos pretos, documentação impressa.
  • Peso: 1,9kg
  • Dimensões:150 mm (C) x 86 mm (A) x 140 mm (P)
  • Preço médio: ****
  • Garantia: 3 anos
  • Site Oficial :

    Lista detalhada dos cabos.

    • ATX principal 24 com 52 cm, com manga preta
    • EPS12V 4 + 4 com 60 cm
    • 2 conectores PCIe 6 + 2 pinos, 54 cm até o primeiro conector e 15 cm até o segundo.
    • 3 SATA’s, com 54cm até o primeiro conector e 15cm entre os outros dois.
    • 2 SATA’s e 1 molex 4 pinos, 64 cm até o primeiro conector e 15cm entre os outros, sendo o Molex o ultimo conector.
    • 3 Molex 4 pinos mais uma molex FDD, 54 cm até o primeiro conector e 15 cm entre os outros, sendo o FDD o ultimo o ultimo conector.

    A distribuição de cabos é muito boa para a sua potência, permitindo alimentar um sistema com 1 gráfica de topo ou 2 gráficas intermédia sem adaptadores, bem como boards com alimentação EPS.
    Igualmente apresenta bastantes SATA’s e mais podem ser adicionados com conversores molex->SATA.

    Os cabos têm bom comprimento, superior ao que se encontra em fontes de 550w. Talvez o cabo EPS12V seja curto para caixas grandes.

    Esta fonte foi montada numa Antec Mini P180 e o comprimento foi mais que suficiente.

    Todos os cabos usam fios de bitola 18AWG, que é a medida mínima recomendada e todos os cabos possui manga preta, o que é excelente.

    O cabo ATX é de 24 pinos nativo, ou seja não é separado em 20 + 4, o que para mim é um ponto positivo, já que alem de melhorar a integridade da ficha, facilita a montagem.

    Boards com fichas de 20 pinos já não se fabricam, tirando talvez alguns modelos para Atom, que não é o “target” desta fonte. E para upgrades de sistemas antigos ainda com motherboards 20 pinos, há fontes mais em conta, além de que adaptadores 24 -> 20 são fáceis de encontrar no mercado.

    Curiosamente a última fonte que vi que a ficha é de 24 pinos nativo foi precisamente das primeiras a sair pro mercado com tal conector, uma OCZ PowerStream de 460w, mas que trazia na caixa um adaptador 24 para 20 pinos, já que na altura, sistemas com 24 pinos estavam a entrar no mercado, sendo que até foi montada num AMD XP, logo com ficha de 20 pinos na motherboard.

    1 – Introdução e Especificações
    2 – Linhas, amperagens e cabos
    3 – Fotografias
    4 – Veredicto
    5 – Conclusão

    1 2 3 4Página seguinte

Artigos Relacionados

Close
Close