AnálisesDestaque

Gigabyte Z170N-Gaming 5

PCMark 7

26

27

29

28

Esta board alinha com a outra mini-ITX testada, ficando um pouco aquém dos resultados obtidos pela board ATX.

PCMark 8

30

31

32

Mas tudo volta à normalidade na versão mais recente deste benchmark.

Cinebench R15

33

34

35

Também em tarefas de renderização os resultados são muito semelhantes, embora o teste de OpenGL dê já um sinal de uma ligeira superioridade gráfica, que se verificará mais à frente.

LuxMark

36

37

38

Mais um benchmark de renderização, a confirmar os resultados obtidos no Cinebench para este tipo de tarefa.

3DMark

39

40

41

42
Performance muito semelhante, no clássico 3DMark.

Unigine

43

44

Mais um bench gráfico sintético, mais uma série de resultados bastante próximos.

Jogos

45

46

47

48

49
Finalmente, nos jogos, algo para quebrar a monotonia: com a excepção do PLAGame, a Gigabyte superioriza-se às restantes. A diferença é ligeira, mas a tendência é clara.
Não sabemos se será coincidência ou se existe, de facto, alguma magia debaixo do selo “G1 Gaming”, mas o “gaming”, nesta board, não é apenas para enfeitar. De notar que as boards ITX foram testadas com os mesmos drivers do GPU.

Página anterior 1 2 3 4 5 6 7Página seguinte
Etiquetas

Artigos Relacionados

Back to top button
Close
Close