AnálisesArtigos

Análise QNAP TS-219P

Web Server

Vamos mostrar a funcionalidade de Web Server, que como o nome diz, permite o alojamento de páginas Web, com suporte a PHP e MySQL, sendo bastante útil para Web Developement, de forma a testar (Staging) páginas web. Também pode ser utilizado para alojamento final (Deploy), embora seja de mais interesse numa ambiente empresarial, já que por em produção páginas Web apresenta algumas limitações, como IP fixo vs dinâmico e questões de segurança da rede, como a ausência de firewall ao nível de rede avançadas, políticas de acesso, entre outros parâmetros que são mais comuns em empresas/datacenters.

1 – Menu principal para aceder as funcionalidades do Webserver. Ao clicar mostra apenas o link para aceder ao root do Web server.

2 – Este é a pagina root por defeito que é mostrada, mostra instruções de configuração, onde destaco o mapear unidade de rede, que passa a aparecer no Windows Explorer como se fosse um disco normal, facilitando o deploy dos ficheiros da página.
A pasta que é utilizada para alojamento Web é a “Qweb

3 – Detalhe do mapeamento da pasta “qweb” no Windows Explorer. Basta copiar os ficheiros necessários para tal depois de ter feito o login. Podemos ver o “index.php” que é a página mostrada na 2ª imagem acima, bem como as pastas do PHPMyAdmin e do WordPress.

4 – Para exemplificar o funcionamento como webserver, foi instalado e configurado o WordPress, onde se pode ver abaixo o BackOffice. Embaixo pode ver-se o caminho da página. Nota que o funcionamento é idêntico se tivesse sido alojada num servidor remoto. Antes disso foi necessário instalar o plugin para o PHPMyAdmin, de modo a configurar a base de dados SQL. A página deste NAS oferece alguns guias práticos onde se mostra como configurar o PHPMyAdmin, o WordPress, entre outros. Posso dizer que é bastante fácil, mesmo para quem não conhece estas ferramentas de Web Developement.

5 – E aqui está a página principal do WordPress. Este “Blog” mostrado é apenas para efeitos da análise. Para a página ficar disponível fora da rede interna é preciso ou ter IP fixo ou algum serviço para poder lidar com IP’s dinâmicos de ligações caseiras.

6 – E aqui já actualizado para a versão 3.0 do WordPress.

Página anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17Página seguinte
Etiquetas

Artigos Relacionados

Back to top button
Close
Close