AnálisesArtigos

WinRAR VS 7-Zip – Análise e Benchmarks


Introdução

A luta pela liderança sob o formato de compressão de ficheiros que detém a preferência de utilização na escolha por parte do utilizador final já existe há vários anos, e é uma guerra que a qualquer momento pode dar uma reviravolta.

A liderança inicial foi conquistada pelo formato “.zip”, um formato simples, que comprime razoavelmente bem e que é suportado nativamente por vários sistemas operativos, tais como Windows XP, Windows 7 e até mesmo várias distribuições de Linux. No entanto, o formato “.zip” não é um jogador a altura para ser sequer comparado com actuais formatos de compressão, devido à sua já muito antiquada forma de comprimir ficheiros.

No decorrer da escrita deste artigo, o formato dominante que é mais usado para a partilha de ficheiros é o “.rar”, formato de compressão criado originalmente por Alexander Roshal, sendo actualmente mais comumente conhecido como sendo feito e distribuído pela RarLab, sendo a sua GUI, (Graphical User Interface, ou em Português, Interface Gráfica do Utilizador) cuja licença é shareware, denominada de WinRAR. Existem vários outros formatos, tais como o “.uharc”, “.7z”, “.tar” etc. Neste presente artigo, serão comparados lado a lado o mais conhecido e popular WinRAR com uma alternativa totalmente gratuita, que tem ficado cada vez mais popular, o 7-Zip cujo formato de origem apresenta a extensão “.7z”, sendo este software desenvolvido por Igor Pavlov.

Até que ponto o WinRAR é substituível? Será que o 7-Zip é uma boa alternativa ao WinRAR? Ou será que o WinRAR ainda domina completamente em termos de eficácia / velocidade / facilidade de utilização por parte do utilizador final? Será que compensa comprar este software, ou em alternativa, estar a levar constantemente cada vez que se abre um ficheiro com a sua janela pop-up de publicidade a pedir para comprar o programa após 40 dias de demo terem expirado? Ou até será que vale mesmo a pena dar os 29.95€ de modo a usar o WinRAR sem a Pop-Up “chata”? Vamos então passar à análise feita a estes dois poderosos compressores.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15Página seguinte
Etiquetas

Artigos Relacionados

Close